ESG: onde estão as fontes?

Há quanto tempo ouvimos sobre os efeitos dos gases de efeito estufa? Há quanto tempo convivemos com histórias na mídia sobre trabalho escravo ou infantil, descobertos em países do terceiro mundo, a serviço de marcas “famosas”? Há quanto tempo sabemos que nossas florestas estão sendo devastadas pela exploração desordenada? Há quanto tempo acompanhamos os desastresContinuar lendo “ESG: onde estão as fontes?”

Viajar para um mundo utópico: formas de passar pela crise do Novo Coronavirus

Uma das recomendações deste período de isolamento é manter a atividade física moderada. O grande problema é que dentro de casa sobram poucas opções. Com a academia fechada, os clubes também e os esportes em grupo devendo ser evitados, sobram os exercícios de força com ou sem os apetrechos, a depender de quem já osContinuar lendo “Viajar para um mundo utópico: formas de passar pela crise do Novo Coronavirus”

Autores em extinção? Há alternativas…

Nos anos de 1940 a 1960, a dita época dos baby boomers, quando pouco se preocupava de onde vinham os ovos, o alface ou o leite que consumíamos, a dieta da maioria das pessoas tinha muito açúcar, farinhas e refrigerante. De alguns anos para cá e cada vez mais isto se fortalece, as pessoas queremContinuar lendo “Autores em extinção? Há alternativas…”

A sustentabilidade por meio de um ecossistema inovador de propriedade intelectual

A ampliação da responsabilidade global pela sustentabilidade tem obrigado as empresas, as instituições e as pessoas a incorporar em suas práticas diárias os preceitos do desenvolvimento sustentável.

Diferenças culturais, mas nem tanto…curiosidades sobre a Coréia do Sul

Vivenciar diferentes culturas é sempre muito enriquecedor e promove reflexões sobre a nossa própria cultura. Lendo uma matéria hoje no Korea Joongang Daily me fez refletir sobre o quão pequeno tornou-se o nosso mundo. http://koreajoongangdaily.joins.com/news/article/article.aspx?aid=2996624 Aprendi aqui que não era hábito dos coreanos tomar café há 20 anos. Hoje alastraram-se as redes multinacionais: Starbuck’s coffeeContinuar lendo “Diferenças culturais, mas nem tanto…curiosidades sobre a Coréia do Sul”