A guerra do sushi e o sentimento de indignação

Os mais sábios aconselham a preocupar-nos apenas com o que podemos mudar. De que adianta criticar o mundo, a política, as guerras e outras mazelas se na maioria das vezes não podemos fazer nada a respeito? Difícil seguir este conselho. Ao ler hoje o artigo do caderno Ilustríssima da Folha de SP, que fornece umContinuar lendo “A guerra do sushi e o sentimento de indignação”