A sustentabilidade por meio de um ecossistema inovador de propriedade intelectual

A ampliação da responsabilidade global pela sustentabilidade tem obrigado as empresas, as instituições e as pessoas a incorporar em suas práticas diárias os preceitos do desenvolvimento sustentável.

Por que mesmo segregar os ciclistas na USP?

Acordar antes das 4h da manhã uma ou duas vezes por semana para treinar exige muito mais do que motivação. Há que se ter um objetivo claro, uma meta a atingir, a curto e a médio prazos. Uma prova talvez e melhorar a sua performance podem ser alguns deles. É necessário também amigos ao seuContinuar lendo “Por que mesmo segregar os ciclistas na USP?”

Autoria em tempos de discriminação

O que um autor faria ou seria capaz de fazer para ser lido? Seria ele capaz de usar, de se esconder por trás de uma outra pessoa? Não estamos falando de um ghost writer, mas de uma pessoa extremamente talentosa e que nos tempos atuais não teria problemas, ou pelo menos este, ao ter oContinuar lendo “Autoria em tempos de discriminação”

O papel de mãe quando os filhos sofrem…

Que bom seria poder sentir a dor no lugar do filho, tocar o ferimento e ele sarar na hora, ter uma varinha mágica para fazê-lo parar de chorar quando está triste. Ter a capacidade de absorver a carga do mundo e deixá-lo sorrindo e aproveitando o que a vida traz de melhor. Mas criamos osContinuar lendo “O papel de mãe quando os filhos sofrem…”

Livro autografado por Trump: minha história com o presidente eleito

O livro foi publicado em 1997, mas lembrando da história pensei que era mais antigo. Por acaso passeando em Nova York e, sendo apaixonada desde sempre por livros, olhei curiosamente uma fila de autógrafos formada no lobby da Trump Tower. Decidi entrar. A fila não era grande. Àquela altura eu não conhecia a história porContinuar lendo “Livro autografado por Trump: minha história com o presidente eleito”

Sobre as trilhas…e os vícios bons

Sinto falta da lama De ficar suja com ela De passar por ela De desviar dela De me molhar com ela De fazer força nas subidas estenuantes De quase desistir quando o fôlego e a força acabaram na base da subida Dos preparativos com os amigos do pedal De comemorar junto cada conquista Do apoioContinuar lendo “Sobre as trilhas…e os vícios bons”

O poder de cura das gentilezas…se cair levante

Quando se chega próximo à dita idade da loba, seja ela qual for, as atitudes que tomamos podem ser consideradas ousadas por uns, maluquices por outros, aventuras para uns tantos, mas refletindo com seu eu interior, nada mais foi que a busca por algo novo e desafiador. Nada mais natural na vida, independente da fase.Continuar lendo “O poder de cura das gentilezas…se cair levante”

Waze-off, as necessárias viagens a si mesmo quando se viaja…

Enquanto sofregamente lutava para dar mais braçadas naquele mar imenso e assustador lembrava do artigo lido no café da manhã: http://alias.estadao.com.br/noticias/geral,partiu-mas-por-que-mesmo,10000006591 E logo me veio o título deste texto e o sentimento a ele relacionado. Waze-off em uma alusão a off-pist no ski quando se esquia fora dos limites, por lugares não-delimitados. Quando você estáContinuar lendo “Waze-off, as necessárias viagens a si mesmo quando se viaja…”

Lembranças*

A primeira vez que o rostinho de vocês colou ao meu depois de tantos meses de espera…, lágrimas de emoção e de alegria… A primeira vez que a irmã mais velha de vocês as viu, lágrimas de emoção e de alegria caíram do rosto dela, e ela as amou e vai amar para sempre… EContinuar lendo “Lembranças*”

Sobre o medo…

Já tive medo de mudar de casa, de cidade, mas depois de mais de 20 mudanças acho graça. Já tive medo de ter filho, medo se seria capaz de tê-los, de criá-los, mas depois de três filhas, sendo duas gêmeas e algumas gravidezes que não foram em frente, suporto qualquer dor física, enfrento o queContinuar lendo “Sobre o medo…”