“Literatura vai de menos 1 a 40 graus”, artigo de hoje no Estadao de Ignácio de Loyola Brandão

Ler o artigo do Ignácio hoje fez surgir um sentimento de esperança para esse nosso imenso Brasil. Com feiras do livro espalhadas por todo o Brasil, estimula-se a leitura, o debate, a criação, a descoberta de novos talentos. O texto de Ignácio nos faz querer partir hoje mesmo para a próxima feira do livro. ConhecerContinuar lendo ““Literatura vai de menos 1 a 40 graus”, artigo de hoje no Estadao de Ignácio de Loyola Brandão”

Começou mais uma Bienal do livro Rio 2011

Ontem teve início mais uma Bienal do Livro no Rio Centro. Em tempos de livro eletrônico o mercado editorial brasileiro promove o incentivo a leitura, expondo sua criação em grandes pavilhões, estandes dos mais diversos tipos e formatos, alguns visualmente muito bonitos e criativos. Longas filas se formam para os que querem aproveitar as diversasContinuar lendo “Começou mais uma Bienal do livro Rio 2011”

Falhas no Enem 2010

Hoje foi amplamente anunciado nos jornais o transtorno causado pelas falhas no material das provas do Enem, causando enormes prejuízos aos estudantes, à imagem dos organizadores e da gráfica contratada para executar o trabalho. Conhecemos de longa data a RR Donnelley, pois imprimimos muitos de nossos livros nesta excelente empresa. Entretanto, os problemas existiram porContinuar lendo “Falhas no Enem 2010”

A importância do investimento em cultura

As Leis de Incentivo à Cultura, como a Lei Rouanet, são, muitas vezes, utilizadas pelas grandes empresas para o investimento em livros que tenham cunho cultural. Atualmente, essa lei está passando por uma revisão e novas regras serão estabelecidas. Essas novas regras têm sido alvo de intensos debates. Um deles questiona acerca dos objetivos dasContinuar lendo “A importância do investimento em cultura”

O que o Google faria se fosse uma editora?

Interessante reproduzir trechos desta notícia que impacta a todos do mercado editorial:Cloud Publishing: o que o Google faria se fosse uma editora? O Google será uma livraria on-line e competirá com a Amazon (primeiro passo para a Googlezon?). Tomando emprestada a expressão do Jeff Jarvis, jornalista e blogueiro do BuzzMachine, “What Would Google Do?” (títuloContinuar lendo “O que o Google faria se fosse uma editora?”